AMORES DIFÍCEIS aposta na metalinguagem para investigar o amor e seus embates. Na tentativa de encenar o conto “Aventura de um esposo e uma esposa” do italiano Ítalo Calvino, quatro atores buscam referências em cenas teatrais clássicas para compreender o cotidiano de um casal que praticamente não se encontra.destaque-amores-dificeis

A passividade e a dureza presentes no texto “A Gaivota” de Tchecov, em contraponto com a passionalidade e a fúria em “Bodas de Sangue” de Garcia Lorca  geram reflexões nos atores em cena. Cria-se um jogo que questiona os limites entre realidade e ficção, entre o que está determinado pela literatura ou dramaturgia e o que pode ser transformado. AMORES DIFÍCEIS traz a assinatura da Súbita Companhia na pesquisa continuada em teatro físico e dramaturgia do gesto e levanta uma questão: afinal, o que realmente sabemos sobre o amor?

* O Espetáculo foi concebido por meio do Edital Mecenato Subsidiado – Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, com incentivo da Celepar (Companhia de Informática do Paraná) e estreou no Teatro Novelas Curitibanas em abril de 2013.

  • Espaço Caixa Cultural Rio de Janeiro – Teatro de Arena, setembro/2015
  • Mostra Novos Repertórios – Edital Copa do Mundo , Teatro Novelas Curitibanas, junho/2014
  • Festival de Curitiba – Mostra Novos Repertórios Teatro Novelas Curitibanas, março/2014
  • Semana da Cultural, Prefeitura Municipal de Maringá – Teatro Kalil Haddad, março/2014
  • 10º Festival de Teatro da Amazônia, outubro/2013
  • Estreia Teatro Novelas Curitibanas, abril e maio/2013
  • Prêmio Melhor Iluminação 10º Festival de Teatro da Amazônia 2013
  • Indicado Prêmio Troféu Gralha Azul 2013 – Melhor Espetáculo
  • Indicado Prêmio Troféu Gralha Azul 2013 – Melhor Direção: Maíra Lour
  • Direção e dramaturgia: Maíra Lour
  • Elenco: Janaina Matter, Alexandre Zampier, Helena Portela e Pablito Kucarz
  • Direção de movimento: Juliana Adur
  • Assistência de direção: Vitor Schuhli
  • Preparação de elenco: Tonio Luna
  • Sonoplastia: Vadeco
  • Cenário: Fernando Marés
  • Figurinos: Eduardo Giacomini
  • Iluminação: Beto Bruel
  • Assistência de produção: Victor Hugo
  • Design gráfico: André Coelho
  • Produção: Michele Menezes
  • Registro audiovisual e teaser: WTF?!filmes
Amores_01_pb

Foto: Marco Novak